Como fazer consultoria empresarial: Exemplo prático

Gostou do artigo, então compartilhe!

Como fazer consultoria empresarial: aprenda através de um exemplo prático

Já explicamos em alguns artigos aqui do blog que o consultor tem o importante papel de auxiliar empresas e organizações no gerenciamento de suas operações, planejando e propondo soluções em busca do sucesso.

Porém, será que você sabe como fazer consultoria empresarial? Hoje vamos dar algumas dicas ótimas para quem está iniciando sua carreira como consultor. Prepare-se!

O trabalho de um consultor é complexo. Sua atividade exige muito conhecimento de mercado, administração empresarial e gerenciamento de projetos.

Muitos administradores constroem sólidas carreiras como consultores, mas ex-diretores experientes em tomadas de decisões também podem trilhar rumos de sucesso nessa profissão.

Se você está curioso para saber como fazer consultoria empresarial, acompanhe as 6 etapas que apresentamos a seguir em um exemplo prático e simples que pode ser aplicado a qualquer projeto.

Como fazer consultoria empresarial

Veja agora as 6 etapas básicas de qualquer projeto para você aprender na prática

Etapa 1: apresentação

Essa primeira etapa consiste em apresentar-se ao cliente e aproximar-se dele.

É nesse momento que você deve falar sobre suas experiências, apresentar seus cases de sucesso mais importantes e mostrar-se qualificado para prestar consultoria em sua empresa.

O cliente também se apresenta nessa etapa e fala sobre suas expectativas e principais necessidades.

Etapa 2: contrato

Depois da apresentação, o consultor deve fazer uma proposta de prestação de serviços e explicar todas as etapas que virão em seguida.

Nesse momento, o consultor ainda não consegue apresentar valores exatos pois ainda não fez o diagnóstico e não elaborou seu plano de ação (próxima etapa), então, deve focar em detalhar seu trabalho de modo global.

Etapa 3: diagnóstico e elaboração do plano de ação

É aqui que realmente começa o trabalho de consultoria. O profissional deverá fazer um diagnóstico completo e detalhado, analisando de modo aprofundado todos os setores e processos da organização contratante.

Ferramentas como Análise SWOT, Diagrama de Pareto, Matriz GUT e Diagrama de Ishikawa podem ajudar no processo.

Em seguida, o consultor deve elaborar um plano de ação, especificando as ações que deverão ser tomadas, o tempo empregado em cada uma delas e os responsáveis por cada execução.

Nesta etapa, o Ciclo PDCA ou a Ferramenta 5W2H podem ser muito úteis.

Etapa 4: implementação

A implementação é a execução das ações planejadas anteriormente.

Durante esse processo, é muito importante que o consultor tenha o acompanhamento e o apoio dos membros do alto escalação da empresa.

Também é imprescindível que haja um constante gerenciamento do processo de mudança e, para isso, todos os colaboradores devem estar conscientes e alinhados para trabalhar em busca de um objetivo comum.

Etapa 5: conclusão

Depois de fazer o diagnóstico, elaborar um plano de ação e implementar as mudanças previstas no plano, o trabalho do consultor está praticamente concluído.

Durante a etapa de conclusão, ele transfere para a organização a responsabilidade de dar continuidade às mudanças e torná-las rotineiras.

Antes de deixar o trabalho, no entanto, o consultor deve apresentar os primeiros resultados decorrentes de sua consultoria por meio de indicadores de desempenho, mostrando ao contratante os principais aspectos de “antes” e “depois”.

Etapa 6: gestão e monitoramento pós-conclusão

Uma boa consultoria empresarial tem ainda uma etapa pós-conclusão que é a de gestão e monitoramento do contrato.

Nessa etapa, o consultor deve acompanhar os resultados de suas mudanças.

Através da revisão de metas, readequações, correções e até novas implementações, o profissional deve garantir que os objetivos traçados nas primeiras etapas da consultoria continuem sendo alcançados.

Veja também: O que é consultoria empresarial

Considerações finais

Agora que você já sabe como fazer consultoria empresarial, deve ter percebido que o processo é bastante completo e exige um conjunto de conhecimentos que poucos profissionais possuem – é justamente isso que torna o serviço tão importante.

A consultoria empresarial é baseada em mudanças pois são elas que irão transformar o rumo da organização, portanto, o consultor deve ser um profissional atento às novas tendências de mercado.

Para elaborar uma boa proposta de consultoria empresarial, é necessário ter visão sistêmica e facilidade para identificar problemas e propor soluções.

Através da consultoria, uma empresa deve ser capaz de encurtar o tempo necessário para que as melhorias aconteçam e para que o sucesso desponte.

Muitos empreendedores acabam fracassando pois não possuem as habilidades e conhecimentos necessários para estruturar sua organização, mas o sucesso pode ser alcançado com a ajuda de um consultor empresarial.


Gostou do artigo, então compartilhe!